Um ponto de encontro entre internautas cristãos, professores de escola bíblica e pregadores.

INCONSEQUENTES E CONSEQUÊNCIAS

ELISEU ANTONIO GOMES

“Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera. A esse glória na igreja, por Jesus Cristo, em todas as gerações, para todo o sempre. Amém.” – Efésios 3.20.

Acredito que a maioria das pessoas, inclusive cristãos com muitos anos frequentando igrejas, não conhece a Lei da Semeadura, que nada mais é do que o exercício da Justiça Divina agindo entre os seres humanos, antes da nossa existência além-túmulo, antes do Julgamento Final. E por causa disso, ficam confusos ao orarem e não ter algumas orações respondidas conforme esperam.

O sentimento de “coitadismo” faz com que, aquele que é responsável pelo sofrimento em que está vivendo, se veja como injustiçado e ponha a culpa do seu deplorável estado em Deus, no diabo, no marido, na esposa, em governantes, etc. O profeta Jeremias nos traz luz ao assunto. Aqui neste mundo, se usamos a malícia, somos castigados pela própria malícia que usamos, o pecado praticado gera grande insatisfação, queixas e em alguns casos até a própria morte de quem o comete (Jeremias 2.19; Lamentações 3.39).

Algumas pessoas, tal qual Asafe se descreveu no Salmo 73, questionam a situação de gente ruim ser rica e gente boa sofrer com a pobreza. Elas chegam a pensar que Deus é injusto por causa dessa situação. Mas, é preciso levar em consideração que o senso de justiça humano é falho. Nem todos que reputamos por maus são de fato maus e nem todos que consideramos serem bons são realmente bons. Jesus nos alerta a jamais julgar pelas aparências (João 7.24).

Além disso, a posse do dinheiro não é a solução para tudo. Entendo que a prosperidade que envolve acúmulo de riquezas não é uma prosperidade falsa, como alguns alegam ser, porém, é uma prosperidade incompleta. A riqueza material é capaz de resolver problemas no campo físico – não resolve todos os problemas –, além de não suprir nenhuma das necessidades da alma e não ser capaz de comprar o passaporte para o Céu.

Não é possível mudar o passado, mas está em nosso controle melhorar o futuro, nos convertendo de nossos erros, plantando sementes boas que se transformarão em frutos prazerosos que estarão em nossas mãos brevemente: “Porque quem quer amar a vida, e ver os dias bons, refreie a sua língua do mal, e os seus lábios não falem engano. Aparte-se do mal, e faça o bem; busque a paz, e siga-a. Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos, e os seus ouvidos atentos às suas orações; mas o rosto do Senhor é contra os que fazem o mal” - 1 Pedro 3.10-12.


Passamos por muitas aflições, quando aflitos não convém desanimar na fé, devemos lembrar que Jesus Cristo é vencedor e está conosco para nos fortalecer e nos conduzir à vitória.

Share:

MARCADORES

A pessoa de Cristo (1) A.W. Tozer (3) Abraão (1) Antonio Gilberto (2) arminianismo (3) Arrebatamento (1) arrependimento (1) Assembléia de Deus (2) Batismo com Espirito Santo (2) bebida alcoólica (1) bíblia sagrada (1) Billy Graham (1) Blog Cantinho Restaurado (1) calvinismo (13) calvinistas (1) Calvino (1) certo (1) cessacionismo (2) Ciro Zibordi (11) Claudionor de Andrade (1) comportamento (4) confraria pentecostal (1) continuismo (1) Corpo de Cristo (1) CPAD (1) cristianismo (2) cruz (1) Daladier Lima (3) Dan Corner (1) Dave Hunt (2) Devocional (5) dízimo (2) Dons Espirituais (7) Douglas Batista (1) Doutrina Pentecostal (1) eleição (2) Eliseu Gomes (2) equívocos religiosos (2) errado (1) erudição (1) Evangelho (3) evangelicalismo (1) Experiência (1) Familia (1) Familia Cristã (4) (1) felicidade (1) graça (3) Gunnar Vingren (1) herege (1) heresia (4) Hernandes Lopes (1) Igreja (2) Imael Brito (1) imperialismo (1) Islamismo (1) João Cruzué (1) jugo desigual (1) julgamento (1) linguagem cristã (1) Línguas estranhas (4) livre-arbítrio (5) livro da vida (1) Luciano Subirá (1) Max Lucado (1) Melquisedeque (1) Menno Simons (1) mulher (1) Mundanismo (2) Natal (1) Norman Geisler (1) Paulo Junior (1) pecado (1) pentecostais (1) perdão (1) personagens (1) piedade (1) Predestinação (4) pregação expositiva (1) profecia (1) razão (1) reforma protestante (1) religiosidade (1) renovados (1) sacerdote (1) Salvação (3) Sandro L. Oliveira (1) Santificação (1) Século XXI (1) simplicidade (1) sinais (1) soberania de Deus (1) sola scriptura (1) soteriologia (1) Susanna Wesley (1) teologia (2) Teologia Pentecostal (1) Tiago Rosas (3) titanic (1) Versículos Bíblicos (1) Vida Cristã (9) vídeo (2) visão (1)