Um ponto de encontro entre internautas cristãos, professores de escola bíblica e pregadores.

FAMÍLIA: UMA FORTALEZA QUE RESISTE AO PECADO!


UMA FAMÍLIA BEM EDIFICADA EM CRISTO
É UMA FORTALEZA QUE RESISTE AO PECADO!

O livro do profeta Daniel é de um conteúdo profético extraordinário. Quanto mais se lê, mais despertamento a respeito dos tempos do fim. Observa-se no início do império gentílico, que foi visto através de uma estátua, cuja cabeça era de ouro, tempo do Império Babilônico, e Nabucodonosor era seu representante; depois do ouro, veio a prata, o bronze, o ferro, e termina com uma liga de ferro e barro. Vê-se claramente que a qualquer momento esta estrutura desabará e dará lugar ao reino milenar do Senhor Jesus.

“Os entendidos pois resplandecerão como o resplendor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça refulgirão como as estrelas, sempre e eternamente. E tu, Daniel, fecha estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará.” (Dn 12:3-4).

A PROFECIA SE CUMPRE
Telefone Celular
Computador
Televisão

Bem, mas qual o motivo deste assunto?
Despertar-nos para fatos que estão diante de nós, se cumprindo a cada instante e dizendo-nos: os reinos deste mundo chegarão ao seu fim. E para onde iremos?

Sempre, em qualquer época, haverá “entendidos”, como Daniel fala aos que estão se preparando nesta hora para dar o ensino da Palavra de Deus aos que querem uma vida que vale a pena ser vivida e que os levará à eternidade com Deus.

Em seguida Daniel adverte quanto aos sinais claros da proximidade do “fim dos tempos”: “… muitos correrão de uma parte para outra …” (Dn 12:4).

Isto é visto diariamente, quando grandes aeronaves se deslocam de um continente a outro, em viagens que atingem velocidades extraordinárias.
“… A ciência se multiplicará.” Em todos os setores esta multiplicação se vê e cresce diariamente. Na matemática, cálculos feitos, precisos, para envio de aeronaves aos planetas, bases espaciais feitas, controle deste universo através de satélites, de foguetes espaciais;

Na medicina, transplante de órgãos, descobertas de remédios que curam doenças antes tidas como incuráveis;

Nos meios de comunicação, a telefonia celular, o computador, ligado a eles a Internet, a televisão que, como aparelho, apresenta novas formas, mais adequadas à modernidade.

Bem, Daniel fala a este respeito. E em que isto nos atinge?
A preocupação com nossas crianças, adolescentes, jovens, e até adultos, que podem ser envolvidos no lado perverso que estas descobertas são capazes de levar: destruição das mentes, da vida, e a morte espiritual, quando o empenho de Deus é dar ao homem vida eterna.

“O jovem entregue a si mesmo envergonha a sua mãe.” (Pv 29:15). Aquilo que nos cerca, que está muito perto de nós, tem que ser observado e orientado, a fim de que não resulte em vergonha.

O desenvolvimento da ciência é sinal do fim dos tempos e deve ser usado para bem e não para o mal.

Telefone Celular

É bom, mas há de se ensinar como usá-lo, porque ele age diretamente dentro do ouvido.

Ouvi de pais que viram atitudes perversas, dissimuladas, nos filhos, vindas de amigos, que usavam o celular para marcar encontros em lugares impróprios, para se mostrarem adultos; tudo em horas perigosas, e aos pais diziam estar fazendo trabalho de classe com colegas.

Telefones celulares com jogos que não trazem nenhuma edificação: são de brigas, morte e quanta coisa se inventa para ganhar dinheiro à custa dos indefesos.

Telefones celulares, ouvido a ouvido, clicando piadas imorais, que pervertem o íntimo do ser. Horas perdidas em conversas destrutivas nos quartos fechados, e os pais pensando que estão estudando ou dormindo.

Computador

É uma descoberta tão boa que dificilmente jovens hoje conseguem emprego sem saberem usá-lo. Mas há o alerta porque é olho a olho.

O que estão vendo? Pornografia; salas de bate papo, para conversas sobre todo tipo de assunto, de encontros sexuais virtuais; apresentação, através de blogs, em que meninas se oferecem com roupas insinuantes, suas fotos são divulgadas para atrair, tudo isto um mau uso.
Os pais que querem suas crianças e adolescentes para Deus, querem preservá-los deste mundo de trevas, para viverem como astros que brilham o brilho do Senhor, têm que estar vigilantes.

Estamos dando pinceladas sobre estes assuntos, a fim de que os pais não se iludam, mas que orem, jejuem, pelos seus filhos e mostrem os perigos que estão escondidos nestes meios de comunicação que, mal usados, levam até à morte espiritual.

As igrejas do Senhor estão trabalhando em favor da criança, do adolescente e do jovem. Os pais recebem esta grande ajuda, um apoio que não se vê no mundo. Se puserem em prática, terão vitória sobre o mal que os quer atingir.

Televisão

A TV reflete o nível mental da sociedade longe de Deus, que não respeita mais nem sequer os horários em que as crianças estão presentes.

As novelas são baixas, a mensagem amoral, gritaria, o bater de portas, o espírito irado, falsidade, torturas, vinganças, assassinatos, os eternos triângulos amorosos, homossexualismo, tudo que teríamos horror, se acontecesse em nossos lares.

E os pais? Alguns vendo, permitindo que seus filhos vejam, participem, acham que seus filhos são maduros, não serão atingidos pelo que vêem. Grande engano. Os neurônios despertados, os pensamentos perturbados e atitudes que se manifestam de repente.

“O homem que anda desviado do caminho do entendimento, na congregação dos mortos repousará” (Pv 21:16).

C. S. Louis, em seu livro “Cartas do Inferno”, cita que toda trama contra os judeus, em que seis milhões foram mortos, foi arquitetada em salões atapetados, com cortinas ricas e mulheres e homens muito bem trajados. E neste ambiente Hitler foi usado pelo maligno para assinar estas mortes usando meios cruéis.

Como é o ambiente destas novelas? Casas suntuosas, carros de luxo, bares íntimos onde, no auge dos gritos e insultos, buscam as bebidas destruidoras, servidas por mordomos a rigor.

Neste ambiente está representado um lar, uma família que se desfaz pela insegurança, infelicidade. É o lixo da sociedade decadente.

E as apresentadoras de programas para crianças e adolescentes? Mulheres carregadas de pecado, vividas em pecado, sem compromisso com as pobres crianças, que pulam e gritam como fantoches aos seus comandos. Qual o compromisso delas para com o seu auditório? Só têm compromisso com o cheque do contrato financeiro.

A televisão tornou-se uma ferramenta na mão do adversário, e ele está sabendo usá-la muito bem. Resta que os servos de Deus saibam se defender.

Chegou às minhas mãos o relato de uma professora de uma criança de 4 anos, que havia assistido o desenho da Disney “A Espada era a Lei”, onde um mágico, chamado Merlin, apresentava-se fazendo mágicas. Passados uns dias, ele disse à sua mãe: “- Eu não preciso mais de Jesus, pois poderei resolver tudo com mágica, como Merlin”.

“Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicários, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.” (Ap 21:8).

“Entre ti se não achará quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; Nem encantador de encantamentos, nem quem consulte um espírito adivinhante, nem mágico, nem quem consulte os mortos.” (Dt 18:10-11).

E o que a TV apresenta diariamente? Bruxarias, feitiçarias, consulta aos mortos, tudo isto proibido por Deus, nosso pai Eterno. Crianças e adolescentes não têm capacidade psicobiologia para analisar e discernir as mensagens colocadas em vídeo sem nenhuma estrutura moral.

A TV, usada sem orientação, é um mal terrível.

Poderia citar inúmeros exemplos tristes, mas o importante é que os pais tementes a Deus não entreguem seus filhos à disposição delas para destruir os sentimentos nobres que aprendem do Senhor, pela Sua Palavra.

A Obra que Deus está fazendo nesta hora que antecede a volta do Senhor Jesus é maravilhosa. Reuniões em que crianças, adolescentes, jovens, estão sendo batizados com o Espírito Santo, participam dos cultos a Deus com alegria, evangelizam e frequentam seminários. Em 2006 tivemos, em todo o Brasil, cerca de 233.000 crianças e adolescentes que participaram de diferentes eventos.

Sejamos sábios.

“O temor do Senhor é o princípio da sabedoria …” (Pv 1:7).

Fonte: http://www.icmobreiros.com.br/

Share:

MARCADORES

A pessoa de Cristo (1) A.W. Tozer (3) Abraão (1) Antonio Gilberto (2) arminianismo (3) Arrebatamento (1) arrependimento (1) Assembléia de Deus (2) Batismo com Espirito Santo (2) bebida alcoólica (1) bíblia sagrada (1) Billy Graham (1) Blog Cantinho Restaurado (1) calvinismo (13) calvinistas (1) Calvino (1) certo (1) cessacionismo (2) Ciro Zibordi (12) Claudionor de Andrade (1) comportamento (4) confraria pentecostal (1) continuismo (1) Corpo de Cristo (1) CPAD (1) cristianismo (2) cruz (1) Daladier Lima (3) Dan Corner (1) Dave Hunt (2) Devocional (5) dízimo (2) Dons Espirituais (7) Douglas Batista (1) Doutrina Pentecostal (1) eleição (2) Eliseu Gomes (2) equívocos religiosos (2) errado (1) erudição (1) Evangelho (3) evangelicalismo (1) Experiência (1) Familia (1) Familia Cristã (4) (1) felicidade (1) graça (3) Gunnar Vingren (1) herege (1) heresia (4) Hernandes Lopes (1) Igreja (2) Imael Brito (1) imperialismo (1) Islamismo (1) João Cruzué (1) jugo desigual (1) julgamento (1) linguagem cristã (1) Línguas estranhas (4) livre-arbítrio (5) livro da vida (1) Luciano Subirá (1) Max Lucado (1) Melquisedeque (1) Menno Simons (1) mulher (1) Mundanismo (2) Natal (1) Norman Geisler (1) Paulo Junior (1) pecado (1) pentecostais (1) perdão (1) personagens (1) piedade (1) Predestinação (4) pregação expositiva (1) profecia (1) razão (1) reforma protestante (1) religiosidade (1) renovados (1) sacerdote (1) Salvação (3) Sandro L. Oliveira (1) Santificação (1) Século XXI (1) simplicidade (1) sinais (1) soberania de Deus (1) sola scriptura (1) soteriologia (1) Susanna Wesley (1) teologia (2) Teologia Pentecostal (1) Tiago Rosas (3) titanic (1) Versículos Bíblicos (1) Vida Cristã (9) vídeo (2) visão (1)